Possibilidades e alternativas para o Ensino de Física: pensando em uma educação crítica, criativa e não utilitarista.

Vinicius Silva, Marcia Begalli

Resumo


No presente artigo argumentamos que abordagens criativas podem ser utilizadas na educa\c{c}\~{a}o cient\'{i}fica, no ensino m\'{e}dio e na universidade, para contextualizar o ensino de f\'{i}sica. Deste modo, ao mesmo tempo em que aprende f\'{i}sica, o estudante desenvolve um senso cr\'{i}tico e percebe as rela\c{c}\~{o}es entre f\'{i}sica, hist\'{o}ria da ci\^{e}ncia, filosofia, al\'{e}m de compreender a dimens\~{a}o social e pol\'{i}tica das pr\'{a}ticas cient\'{i}ficas. Alguns projetos em educa\c{c}\~{a}o cient\'{i}fica podem ser empregados, neste sentido, tais como o \textit{Observing With Nasa }e o \textit{Hands on particle physics}, capazes de propiciar uma abordagem pedag\'{o}gica mais complexa e interdisciplinar. Neste trabalho buscamos apontar como tais ferramentas podem ser utilizadas no ensino de f\'{i}sica no Brasil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.